As transformações do território: Bracara Augusta e o seu cadastro

Manuela Martins, Helena Carvalho

Resumen


Resumo: Este trabalho pretende abordar os processos relacio­nados com a transformação do território em que se implantou a cidade romana de Bracara Augusta, ten­do em vista estabelecer uma articulação entre o âm­bito urbano e a nova paisagem rural que emerge da integração desta região no Império romano. Para o efeito, abordaremos o contexto da ocupação pré-ro­mana da região em que se implantou a cidade, o con­texto da sua fundação e as características principais do seu urbanismo, procedendo-se, finalmente, a uma valorização dos novos sítios e achados que ajudam a definir a presença romana no território rural envol­vente, com destaque para a rede viária principal, para as necrópoles e para os vestígios de povoamento. A nossa atenção centrar-se-á, de seguida, nos dados re­ferentes à análise do parcelamento rural romano que marcou uma profunda transformação da paisagem e da ocupação do território.

Palavras chave: Bracara Augusta, urbanismo, centuriação, paisagem rural romana

Abstract: This study addresses the processes related to the transformation of the territory in which the Ro­man city of Bracara Augusta was founded, in order to establish an interaction between the urban context and the new rural landscape that emerged from the integration of this region into the Roman Empire. This paper will discuss the context of pre-Roman occupation in which the city developed, the context of its foundation and the key features of its urban planning, proceed­ing finally to an appreciation of the new sites and findings that help us to define the Roman pres­ence in the surrounding rural area, with an em­phasis on the main road network, cemeteries and settlement remains. It will then focus on data as­sociated with the analysis of the roman rural cen­turiation that marked a profound change of the landscape and occupation of the territory.

Key words: Bracara Augusta, urban planning, centuriation, Roman rural landscape

 

doi: https://doi.org/10.20318/revhisto.2017.3584


Texto completo: PDF


Revista de Historiografía editada por el Instituto de Historiografía Julio Caro Baroja. Universidad Carlos III de Madrid

EISSN: 2445-0057

www.uc3m.es/revhisto